Eu não quero dar ideias de comida não-saudável aqui no quiosque. Mas lá vai ter de ser.

Lay’s

É que estas batatinhas são deliciosas. Eu que não me importo pevas se as coisas têm gordura ou não, o facto delas terem menos 40% só abona em favor destas maravilhas. Bem menos enjoativas e bem mais saborosas que as normais.
No entanto, nunca até hoje houveram batatas fritas que conseguissem ultrapassar o vício que são as pringles.

Não sei a sua composição. Nem quero saber!!! Estas batatas são do mais viciante que há nesta vida. Come-se uma, come-se outra.. e o raio das batatas vão-nos saltando para a mão todas a dizer “Come-me!!! Come-me!!!”. Ou pelo menos é isto que imagino quando estou sob o efeito viciante destas amarelinhas. Mas atenção: NADA COMO AS ORIGINAIS!!! Nem ousem experimentar as outras, cheias de sabores a pickles, peixe espada, sardinha assada, cócó. Não, estas não prestam. As originais é que são boas. São facilmente reconhecidas pela sua embalagem vermelha que pode ser confundida pela vermelha acastanhada. Mas não se deixem enganar, que essas são de cócó e não são tão saborosas como as primeiras.